Bahia Urgente

Bahia Urgente

temp-thumb
temp-thumb
temp-thumb
temp-thumb

Jussiape: Menor é suspeita de matar mãe e atear fogo em pai e madrasta

Polícia descobre mais uma tonelada de maconha em carreta bitrem em Conquista

Barreiras: Seis são baleados em crime dentro de posto de gasolina; três morrem

Anticoncepcionais podem ter reduzido casos de câncer de ovário, diz estudo

Sexta | 30.09.2016 | 18h08


(Foto: Reprodução)

As mortes por câncer de ovário diminuíram em muitos países entre 2002 e 2012 e seguirão caindo pelo menos até 2020, principalmente graças à generalização do uso da pílula anticoncepcional, revela um estudo publicado este mês. Outra explicação plausível pode ser a menor utilização de tratamento hormonal em mulheres na menopausa há uma década, indica o estudo publicado pela revista "Annals of Oncology". Acredita-se que os contraceptivos orais tenham um efeito protetor contra o câncer de ovário, enquanto o tratamento hormonal substitutivo aumentaria o risco. Em seu estudo, os pesquisadores liderados por Carlo La Vecchia, da Universidade de Milão, mostraram que a redução da mortalidade por câncer de ovário foi mais acentuada nos Estados Unidos, onde caiu 16%, na Austrália e na Nova Zelândia, onde caiu 12%. 

Ministro diz que militares vão atuar em 15 estados nas eleições

Sexta | 30.09.2016 | 17h07


(Foto: Reprodução)

O número de cidades que recebrão reforço de militares durante as eleições subiu de 408 para 420 em 15 estados, afirmou o ministro da Defesa, Raul Jungmann, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (30). De acordo com o ministro, o número de localidades atendidas pela pasta pode aumentar "até as últimas horas". A declaração foi dada em entrevista coletiva após uma cerimônia no Palácio do Itamaraty, na qual foi firmado um acordo de comércio exterior entre o Ministério da Defesa do Brasil e a Secretaria de Comércio e Defesa dos Estados Unidos. Nesta quarta, Jungmann havia afirmado que a atuação dos militares ocorreria em 408 localidades de 14 estados.Segundo ele, cerca de 25 mil militares atuarão tanto na segurança como no apoio logístico. O estado que passou a integrar a lista é Goiás. Na quarta-feira (28), na cidade goiana de Itumbiara, um candidato a prefeito foi morto a tiros durante uma carreata. "A Defesa atua em dois eixos: a segurança na votação e na apuração e o outro eixo é exatamente apoiar no transporte  de pessoas, de material, de recursos, de urnas, enfim. Me chegou a informação aqui agora de que já são 420 locais e 15 estados. Como disse, vai até as últimas horas esses pedidos", afirmou o ministro. O ministro também disse que a violência nessas eleições é preocupante e pode ser fruto de envolvimento de candidatos com milícias e com o tráfico. Ele também atribuiu a insegurança no período eleitoral à recessão pela qual passa o país. "Preocupa muitíssimo. Nós não temos aqui uma explicação. [...] Eu acho, e isso é uma suposição, que, dada a situação fiscal a qual o Brasil chegou, e isso repercutindfo em uma crise de segurança em alguns estados, vemos na política um reflexo que na prática já está acontecendo. Se ampliaram problemas na área de segurança, fruto dessa situação fiscal", afirmou.

Bahia não vai aderir ao horário de verão pelo quinto ano consecutivo

Sexta | 30.09.2016 | 16h03


(Foto: Reprodução)

Pelo quinto ano consecutivo, a Bahia não vai aderir ao horário de verão em 2016. A informação foi divulgada pelo governo estadual nesta quinta-feira (29). A última vez que a Bahia adiantou os relógios no verão foi em 2011, após oito anos sem participar. Em nota, o governador Rui Costa informou que "tomou a decisão como base na opinião da maioria da população do estado, que é contrária à mudança". O gestor aponta ainda que houve pedidos meio empresarial contrários à adesão do estado ao sistema. Rui Costa apontou também a baixa economia de energia elétrica no período do horário de verão no estado como um fator determinante para a Bahia não entrar no sistema aplicado em boa parte do país. Em 2012, o governador Jaques Wagner chegou a anunciar que a Bahia entraria no horário de verão, mas voltou a decisão foi cancelada. A justificativa, segundo o governo, foi pela rejeição da população. Uma pesquisa encomendada pelo governo na época apontou que 75% da população baiana se mostrava contrária à adesão ao horário de verão. Neste ano, o horário de verão ocorre entre o final de outubro e meados do mês de fevereiro de 2016.

Homem fica gravemente ferido após ser agredido durante ato político em Palmas de Monte Alto

Sexta | 30.09.2016 | 15h01
Autor: Sudoeste Bahia


Foto: Vilson Nunes | Sudoeste Bahia

Um homem de 36 anos ficou gravemente ferido após ser agredido durante um ato político realizado no município de Palmas de Monte Alto, na noite da última quarta­feira (28). De acordo com informações obtidas pela reportagem do site Sudoeste Bahia, Gilson Fernandes dos Santos foi atingido por uma barra de ferro, que ocasionou ferimentos na cabeça e na coluna. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal Milton Farias Dias Laranjeira, mas devido à gravidade dos ferimentos foi necessária a transferência para o Hospital Nova Aliança em Guanambi. Na unidade de saúde, porém, foi constatada a necessidade de encaminhamento do paciente para Montes Claros, para a realização de cirurgia. Conforme relatos de familiares a reportagem, a vítima pode ficar tetraplégica, caso as intervenções cirúrgicas não obtenham o resultado esperado. O agressor foi identificado e esta foragido. Durante a manhã desta quinta­feira (29), a população do município foi às ruas para protestar contra a violência e pedindo paz durante o processo eleitoral. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

TRE alerta para aplicação de multa em caso de 'selfies' durante votação

Sexta | 30.09.2016 | 14h02


(Foto: Reprodução)

Entre as orientações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) para o primeiro turno das eleições municipais, no domingo (2), existe uma atenção especial para o uso de celulares e máquinas fotográficas durante o momento da votação. Quem for flagrado fazendo "selfies" pode ser autuado e pagar multa que vai de R$ 5 mil a R$ 15 mil. “Isso visa que se dê a garantia ao voto, ao sigilo do voto, para que o voto seja feito de forma consciente, de forma individual, de forma livre, então justamente para isso que a lei proíbe qualquer forma de filmar”, explica o juiz Marcelo Junqueira Ayres Filho. Ainda de acordo com Marcelo, a orientação é para que as pessoas entreguem os aparelhos eletrônicos para o mesário no momento de se dirigir à cabine. “A pessoa que estiver com telefone celular vai ter que deixar com o mesário. Quem estiver com câmera, com máquina fotográfica, vai ter que deixar com o mesário no momento da votação”, detalhou o juiz. O magistrado explica que as pessoas que conseguirem publicar fotos do momento da votação em redes sociais também podem ser autuadas em caso de denúncia. “Se houver denúncia pode ser analisado isso, e pode ser aplicado uma multa mesmo posteriormente”, afirma. Para realizar a votação no domingo, Marcelo explica que é necessário apenas apresentar um documento de identificação com foto. "Pode ser carteira de identidade, carteira de trabalho, habilitação, passaporte, qualquer documento oficial com foto", orienta.  Em caso de dúvida sobre o local de votação, a orientação é para que acesse o site do TRE, ou ligar para o serviço do "Disque Título" no número: 71 3373-7000.

Estelionato eleitoral

Sexta | 30.09.2016 | 13h05
Autor: Por Dr. Cleio Diniz


(Foto: Laércio de Morais | Brumado Urgente)

Com a aproximação do pleito eleitoral e diante das restrições legais para campanha e propaganda política, acirra a disputa e aguça a mente maquiavélica de alguns candidatos.

 Recentemente me deparei com um folheto de um candidato que me remeteu ao estudo do estelionato eleitoral, ou o famoso 171. A Legislação eleitoral não é específica neste sentido, apesar da existência de algumas tentativas de projetos de lei, os quais naufragaram por ameaçar a conduta de políticos que praticam de forma contumaz a conduta do estelionato eleitoral. 

Trata-se de promessas impossíveis, mirabolantes e que não condizem com as funções e os poderes do cargo de quem prometeu, mas que, se arquitetadas com maestria fazem brilhar os olhos do eleitor mais carente, e em muitos casos dos eleitores mais desavisados, desinformados ou ate mesmo angustiados por mudanças rápidas, coisa que não existe na politica. 

Greve dos bancários completa 24 dias com 13,2 mil agências fechadas

Sexta | 30.09.2016 | 12h07


(Foto: Reprodução)

A greve dos bancários chegou ao 24º dia nesta quinta-feira com 13.246 agências e 29 centros administrativos fechados, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).  O número de agências fechadas representa um leve recuo em relação ao dia anterior, quando a paralização atingiu 13.254 agências e 28 centros administrativos. O maior número de agências fechadas foi registrado no dia 27, quando 13.449 delas tiveram suas atividades paralisadas. De acordo com o Banco Central, o país tem 22.676 agências bancárias instaladas, segundo último balanço. Na véspera, os bancários se reuniram com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), mas o encontro terminou sem acordo, e os grevistas decidiram manter a paralisação. A greve já é mais longa do que a realizada pelos bancários no ano passado, que durou 21 dias. Segundo a Contraf-CUT, a greve mais longa da categoria na história foi em 1951 e durou 69 dias. Nos últimos anos, a mais longa foi a de 2004, com 30 dias.

Bahia: PF investiga esquema de candidato que explorava votos de fiéis

Sexta | 30.09.2016 | 11h07


Polícia Federal cumpre mandados na manhã desta sexta-feira (30) (Foto: Divulgação/ PF)

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (30), a Operação Simão, que combate um esquema de oferecimento de vantagens a eleitores que envolve candidato a vereador ligado a uma igreja evangélica no município de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. São cumpridos nove mandados de condução coercitiva e oito de busca e apreensão na cidade, com uma equipe de 40 policiais federais. Segundo a polícia, as investigações iniciaram há cerca de um mês, a partir de requisição do Ministério Público Eleitoral, que informou a captação ilícita de votos por parte de um candidato a vereador vinculado a uma igreja evangélica. Conforme o pedido do MPE, o candidato e o grupo a ele vinculado estariam cadastrando eleitores fiéis da igreja, com a promessa de abençoá-los, e "amaldiçoavam" quem se recusava a fornecer dados do título eleitoral.

Lembra do Orkut? Prazo para salvar dados do perfil termina nesta sexta (30)

Sexta | 30.09.2016 | 10h01


(Foto: Reprodução)

Se quiser guardar as informações e fotos publicadas em seu perfil do Orkut, é preciso se apressar: o prazo para fazer isso se encerra na próxima nesta sexta-feira. A extinta rede social do Google ficou no ar por pouco mais de dez anos, de janeiro de 2004 a setembro de 2014, quando foi encerrada oficialmente. Foi dito então que os usuários cadastrados no site teriam dois anos após o anúncio do fim do Orkut para baixar seus scraps (recados), depoimentos e fotos por meio do serviço Google Takeout, um prazo que se encerra agora.Entenda o passo a passo para preservar essas informações do site - rede social mais popular no Brasil em meados e fim da década passada:

Campanha de multivacinação encerra nesta sexta-feira (30)

Sexta | 30.09.2016 | 09h02


(Foto: Reprodução)

Termina nesta sexta-feira o prazo para que crianças e adolescentes menores de 15 anos atualizem a caderneta de vacinação através da Campanha Nacional de Multivacinação, que teve início no último dia 19 em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, foram enviadas a todas as unidades da Federação 26,8 milhões de doses – incluindo 7,6 milhões para a vacinação de rotina de setembro e 19,2 milhões de doses extras para a campanha. O objetivo da ação é combater a ocorrência de doenças imunopreveníveis no país e reduzir os índices de abandono à vacinação – sobretudo entre adolescentes. O público-alvo inclui crianças menores de 5 anos e crianças e adolescentes de 9 anos a 15 anos incompletos. Vale lembrar que em janeiro deste ano o ministério da saúde alterou o esquema de quatro vacinas: poliomielite, HPV, meningocócica C (conjugada) e pneumocócica 10 valente. Em salvador 120 unidades básicas de saúde disponibilizam gratuitamente 14 tipos de vacinas que fazer parte da campanha de Multivacinação.

Matrículas no ensino fundamental 'integral' caem 46%, aponta prévia de censo

Sexta | 30.09.2016 | 08h07


(Foto: Reprodução)

o Número de alunos matriculados no período integral do ensino fundamental, nas escolas municipais e estaduais brasileiras, caiu 46,4% de 2015 para 2016: de 4.213.296 para 2.255.407 estudantes. A comparação toma como base os dados preliminares do Censo Escolar, compilados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e publicados nesta quinta-feira (29) no Diário Oficial da União. Nas demais etapas de ensino, houve variações com percentuais mais modestos entre os dois anos. Na creche, eram 1.199.763 crianças que estudavam em período integral em 2015 e, neste ano, o grupo aumentou para 1.253.387. Na pré-escola, houve uma queda sutil de 4%: de 356.230 alunos em período integral em 2015 para 342.047 em 2016. Procurado pelo G1, o Inep disse que não vai comentar a prévia do levantamento. Segundo o órgão, as escolas terão ainda 30 dias para revisar as informações. Os dados também serão validados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para que, em seguida, o MEC faça a publicação do resultado final.

Fiscalização encontra doações suspeitas no valor de R$ 300 milhões

Sexta | 30.09.2016 | 07h03


(Foto: Reprodução)

Um balanço divulgado nesta quinta-feira (29) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostrou 93.048 doações suspeitas às campanhas eleitorais deste ano, que somam R$ 300.840.923,41 (R$ 300,8 milhões). O valor corresponde a 19,9% dos R$ 1.511.432.924,62 (R$ 1,5 bilhão) que haviam sido doados para candidatos e partidos políticos até a última segunda (26), data do levantamento. Os dados foram levantados pelo Tribunal de Contas da União (TCU), órgão de fiscalização ligado ao Legislativo, com base na prestação de contas apresentadas ao TSE. As doações suspeitas incluem doadores com registro de óbito, inscritos no Bolsa Família, desempregados ou com renda incompatível com o valor doado. Por lei, as doações de pessoas físicas devem se limitar a 10% de sua renda do ano anterior. Uma contribuição acima desse limite pode levar à cobrança de uma multa no valor de cinco vezes a quantia em excesso. Neste ano - o primeiro de campanhas financiadas sem participação de empresas-, uma das principais suspeitas do TSE é que as doações acima do limite legal por pessoas físicas indiquem uma forma de camuflar doações de outra origem, o que pode ser enquadrado como crime eleitoral.

Conquista: 'Demoliu minha história de vida', diz idosa que teve casa destruída

Quinta | 29.09.2016 | 20h02


Casa demolida era de dona Deusdete Silva, que tem 84 anos (Foto: Reprodução / TV Bahia)

Há um mês morando fora de casa, depois de ter o imóvel demolido, dona Valdete Almeida, de 84 anos, e o filho Deusdete Almeida, seguem sem receber nenhum tipo de assistência financeira do empresário que confessou ter mandado cometer o crime no município de Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia. Advogada da família entrou com uma ação judicial contra o homem na quarta-feira (28). Ela conversou com o G1 nesta quinta-feira (29). "Como ela (Valdete) não recebeu nenhum tipo de auxílio dele (empresário), demos entrada com uma ação na Justiça pedindo a indenização para a reconstrução da casa", explicou a advogada Cristiane Gobira. O caso foi registrado na Polícia Civil e o empresário foi indiciado por dano qualificado. Ele responde ao inquérito em liberdade.

Candidatos são alvos de crimes e ataques em ao menos 12 estados

Quinta | 29.09.2016 | 19h08


Foto: Leitor BN

O carro do candidato à reeleição de Presidente Tancredo Neves, baixo sul da Bahia, Valdemir de Jesus Mota (PV), o Balbino Mota, foi alvo de tiros na noite de quarta-feira (28), segundo a Polícia Militar. Ninguém foi baleado na ação. Balbino teve uma lesão no peito por conta do impacto dentro carro e foi levado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Ainda não há informações sobre os autores e a motivação do suposto ataque. A morte do candidato a prefeito de Itumbiara, em Goiás, atingido por tiros durante uma carreata de campanha, é apenas mais um dos crimes cometidos contra políticos do país. Um levantamento feito pelo G1 mostra que em ao menos 12 estados houve casos semelhantes, e a polícia investiga a suspeita de motivação política em tentativas de assassinatos e ataques a casas e carros de candidatos.José Gomes da Rocha (PTB) fazia uma carreata em Itumbiara, onde disputava a eleição para a prefeitura, quando foi atingido por tiros nesta quarta-feira (28). Ele foi socorrido, mas morreu no hospital. 

Não há necessidade 'neste momento' de aumentar impostos, diz Meirelles

Quinta | 29.09.2016 | 18h06


(Foto: Reprodução)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira (29) que não há necessidade de aumento de impostos neste ano, ainda que a arrecadação do governo siga em queda. “Neste ano, não se configura necessidade de aumento de impostos. Todas as projeções que estamos fazendo no relatório bimestral da evolução das contas públicas mostra que não se configura a necessidade de aumento de impostos, e essa queda de arrecadação estava prevista nas nossas projeções", afirmou o ministro. Para 2017, Meirelles também apontou que não há previsão de aumento de impostos, acrescentando que há expectativa de aumento de arrecadação do governo pela retomada da atividade econômica e por receitas vindas de privatizações e concessões. “A princípio, no Orçamento de 2017 não contemplamos neste momento a necessidade de aumento de impostos. Existe sim uma necessidade de aumento da arrecadação total e acreditamos que uma parte dela virá do crescimento do PIB, e também existe receita de privatizações, concessões. Números divulgados pela Secretaria da Receita Federal nesta quinta mostram que a arrecadação de impostos e contribuições federais não só continuou a cair em agosto deste ano, mas que o recuo dos valores arrecadados se intensificou. A arrecadação caiu 10% e registrou o pior agosto em 7 anos. No mês passado, a arrecadação federal somou R$ 91,8 bilhões,queda real (descontada a inflação) de 10,12% frente ao mesmo mês de 2015. Meirelles afirmou que que a queda na arrecadação já era esperada, e acrescentou que o resultado “mostra a necessidade de fazer o ajuste” proposto pelo governo. “É uma tendência histórica já comprovada de que quando o PIB está aumentando, a arrecadação cresce mais ainda. Quando o PIB está caindo, a arrecadação cai mais. O que nós estamos vendo agora é o resultado dessa recessão profunda em que o Brasil entrou já no final de 2014. Isso mostra a necessidade de fazer o ajuste que nós estamos propondo”, afirmou.