Bahia Urgente

Bahia Urgente


Resultado da busca pelo arquivo de "03/2017"

Bandidos tentam assaltar carro forte e são impedidos pela polícia próximo a Anagé

Sexta | 31.03.2017 | 20h06
Autor: Sudoeste Bahia


Um carro forte da empresa Prossegur que trafegava pela BA­407, trecho entre os municípios de Anagé e Tanhaçu, foi alvo de assaltantes fortemente armados na manhã desta sexta­feira (31/03). Segundo aPolícia Rodoviária Estadual, os criminosos chegaram a atirar no carro forte, mas o roubo foi frustrado pela rápida ação da polícia e dos ocupantes do veículo da empresa, que reagiram a tentativa de assalto. Os bandidos fugiram e não houve feridos. Guarnições da PRE e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe­Sudoeste), stão realizando buscas na região a fim de localizados os autores do crime. 

Número de municípios baianos com estado de emergência por estiagem chega a 314

Sexta | 31.03.2017 | 19h08


(Foto: Reprodução)

Cento e seis cidades da Bahia que sofrem com estiagem tiveram decretos de emergência por estiagem reconhecidos pelo governo federal. Uma portaria, com a medida, foi publicada nesta sexta-feira (31) do Diário Oficial da União. Atualmente, 314 municípios da Bahia têm situação de emergência reconhecida pelo Ministério da Integração Nacional, em decorrência da seca e da estiagem. Com os decretos, as prefeituras vão poder solicitar apoio federal para ações de socorro, assistência à população e restabelecimento de serviços essenciais. Além de viabilizar o fornecimento de água potável, por meio da Operação Carro-Pipa Federal, o reconhecimento também permite que os municípios tenham direito a outros benefícios, como a renegociação de dívidas no setor de agricultura com o Banco do Brasil e o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para a retomada da atividade econômica nas regiões afetadas. O reconhecimento federal só é realizado após decreto oficial de emergência ou calamidade pública dos estados ou municípios, que formalizam a solicitação à Sedec. Após análise e aprovação, é publicada uma portaria no Diário Oficial da União, com vigência por 180 dias.

Janot diz ao STF que não pode investigar Temer por delação de Sérgio Machado

Sexta | 31.03.2017 | 18h14


(Foto: Reprodução)

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não pode investigar as acusações feitas em delação premiada pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado contra o presidente Michel Temer. Na petição encaminhada ao relator da Lava Jato na Corte, ministro Luiz Edson Fachin, o chefe do Ministério Público argumenta que a Constituição impede a investigação do presidente da República por “atos estranhos ao exercício do mandato”. "Significa que há impossibilidade de investigação do presidente da República, na vigência de seu mandato, sobre atos estranhos ao exercício de suas funções", escreveu Rodrigo Janot na petição enviada na última terça-feira (28). No acordo de delação premiada fechado com a Procuradoria-Geral da República (PGR), o ex-dirigente da Transpetro relatou que Temer pediu a ele doações eleitorais para o ex-deputado federal Gabriel Chalita, que, na ocasião, estava no PMDB, para a campanha à prefeitura de São Paulo em 2012. No depoimento, Sérgio Machado narrou um encontro que teve com Temer em setembro daquele ano. Na ocasião, ele diz que acertou o valor de R$ 1,5 milhão para a campanha, pagos pela construtora Queiroz Galvão ao diretório do PMDB. À época da denúncia, Temer disse que alguém que tivesse cometido os "delitos irresponsáveis" apontados por Machado na delação premiada "não teria condições de presidir o país".

TJ-BA garante 180 dias de licença maternidade a servidoras do Reda

Sexta | 31.03.2017 | 17h12


(Foto: Reprodução)

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) concedeu uma liminar para garantir o direito a licença maternidade de 180 dias (seis meses) para servidoras do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), da Secretaria de Educação do Estado. A decisão vale para todo o estado da Bahia. O pedido foi impetrado pela Defensoria Pública da Bahia (DP-BA) em Feira de Santana. Caso a decisão não seja cumprida, será aplicada uma multa diária de R$ 500. A unidade da Defensoria em Feira tem recebido diversas demandas de servidoras do Reda. Elas reclamam que tem apenas quatro meses de licença maternidade, sendo que as servidoras efetivas têm direito a 180 dias.  

Bahia: Garota cai no Rio São Francisco e sobrevive após boiar por 4h

Sexta | 31.03.2017 | 16h08


Adolescente caiu de altura de cerca de 16 metros de altura (Foto: Reprodução / TV São Francisco)

Uma adolescente de 16 anos sobreviveu após pular, por engano, da Ponte Presidente Dutra, que liga Juazeiro, no norte da Bahia, a Petrolina, em Pernambuco, na noite da quarta-feira (29). Jailma Ferreira despencou de uma altura de cerca de 16 metros e caiu em um trecho do Rio São Francisco, que corta as cidades. A garota ficou na água por cerca de 4 horas até ser resgatada por pescadores da região,q ue passavam no local. Segundo a adolescente, ela estava caminhando na ponte, quando resolveu se aproximar de um buraco que tem na estrutura, por curiosidade. Estava escuro, ela não viu que o local era aberto, resolveu pular e caiu. Durante a queda na água, a garota ainda machucou o braço em um dos ferros da estrutura da ponte. "Eu sempre tive curiosidade de ver o que tinha lá no meio. Aí eu vi um buraco e pensei que tinha piso. Aí eu disse: 'eu vou atravessar a pista e vou lá olhar o que é'. Eu caí. Passou umas três horas e eu lá dentro da água, boiando. Estava cansada, com falta de ar. Quase dormindo. Tava ardendo o olho. Foi daí que eu deixei a água me levar", disse.

Cândido Sales: Paciente morre com suspeita de febre amarela

Sexta | 31.03.2017 | 15h08
Autor: Bahia Notícias


O primeiro caso de morte por suspeita de febre amarela na Bahia ocorreu em Cândido Sales, na região de Vitória da Conquista, no sudoeste. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (31) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Entretanto, segundo a pasta, trata-se de caso importado. O paciente era oriundo da cidade de Téofilo Otoni, em Minas Gerais, e veio à óbito na cidade baiana. Até o momento não há morte confirmada da doença na Bahia. O último boletim epidemiológico registra 16 casos notificados, sendo que nove estão sob investigação e sete foram descartados. Em nota, o Ministério da Saúde informou que liberou, nesta quinta-feira (30), R$ 19,2 milhões para 526 cidades afetadas pela doença nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo. Além dos municípios, as Secretarias Estaduais de Saúde (SES), dos respectivos estados, também irão receber. Os valores deverão ser aplicados em ações de prevenção na área de vigilância para a febre amarela. O recurso foi definido a partir da estimativa da população a ser vacinada em cada município, com base nos valores per capita estabelecidos para o repasse do Piso Fixo de Vigilância em Saúde.

Guanambi: Delegado é suspeito de receber R$ 50 mil para facilitar fuga de preso

Sexta | 31.03.2017 | 14h06
Autor: Bonny Silva / Rádio Cultura


Foto: Bonny Silva

Designada através da Portaria n º. 101 de 23 de março de 2017 Comissão de Sindicância Investigativa composta por três delegados Classe Especial, para apurar as denúncias contidas nos autos da de uma ação penal que tramita na Comarca de Guanambi que um ex-delegado de Guanambi favoreceu fuga de preso ligado ao tráfico de drogas. Segundo apurou a nossa reportagem, o alvo das denúncias é o delegado Noel Egídio de Souza e seu filho, que segundo a denúncia teriam se juntado um delegado da cidade de Brumado para armar a fuga do marginal Rodrigo Soares de Souza (Rodriguinho) mediante o pagamento de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), pagos pelo chefe do tráfico Fabiano Almeida dos Santos – Baú. Contactado o delegado Noel Egídio declarou estar tranquilo e rebateu as acusações, afirmando ser o responsável por um grande trabalho de repressão ao tráfico de drogas quando esteve à frente da Delegacia Territorial de Guanambi e combateu com determinação servidores envolvidos na prática criminosa de depenar veículos apreendidos para vender peças. 

Tanhaçu: Trabalhadores dormem na fila de banco para abrir conta bancária

Sexta | 31.03.2017 | 13h08
Autor: Brumado Urgente


Foto: Leitor Brumado Urgente

Leitores do Brumado Urgente procuraram nossa redação e relataram que os trabalhadores da cidade de Tanhaçu estão dormindo em fila do Banco do Brasil para poder abrir conta bancária.  A prefeitura da cidade havia solicitado que os trabalhadores realizassem tal procedimento a fim de realizar os pagamentos dos mesmos. Tal situação tem gerado revolta e insatisfação para os trabalhadores tanhaçuenses.  



Foto: Leitor Brumado Urgente

Governo autoriza reajuste e remédios ficam até 4,76% mais caros

Sexta | 31.03.2017 | 12h09


(Foto: Reprodução)

Os preços dos remédios poderão subir até 4,76% a partir desta sexta-feira (31). Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, fixou em 4,76% o reajuste máximo permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União". A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro. Em 2016, o reajuste máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%. Em 2014, o reajuste foi de 5,68%. De acordo com a portaria, o reajuste leva em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 10 de março de 2017, acumulando uma taxa de 4,76%, no período compreendido entre março de 2016 e fevereiro de 2017. Foram autorizados 3 níveis diferentes de alta, conforme o perfil de concorrência dos produtos, seguindo a lógica de que, nas categorias com um maior número de genéricos, a concorrência é maior e, portanto, o aumento também pode ser maior.

Nível 1: Classes terapêuticas sem evidências de concentração - 4,76%

Nível 2: Classes terapêuticas moderadamente concentradas - 3,06%

Nível 3: Classes terapêuticas fortemente concentradas - 1,36%

Bahia: Apresentador da Rede Bahia tenta furar bloqueio e é pego em blitz da Lei Seca

Sexta | 31.03.2017 | 11h07
Autor: Bocão News


(Foto: Reprodução)

A noite de quinta-feira (30) foi pesada para o apresentador da Rede Bahia, Thiago Mastroianni. Ele foi pego numa blitz da Lei Seca montada pela Transalvador na Avenida Garibaldi.Mastroianni só não teve o carro levado porque apresentou um condutor habilitado. Segundo uma fonte, o apresentador estava a bordo do Jeep Renegade quando tentou fugir do bloqueio, mas foi abordado pelo Esquadrão Águia. Levado até o posto da blitz, ele teria se recusado a fazer o teste do bafômetro. Mastroianni foi autuado por duas infrações com base nos artigos 165 A e 186, inciso II do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Inscrições para auxílio em universidades estaduais baianas terminam hoje (31)

Sexta | 31.03.2017 | 10h10


(Foto: Reprodução)

Quer ajuda financeira para poder permanecer na universidade? Terminam nesta sexta- feira (31), sem prorrogação de prazo, as inscrições para o programa Mais Futuro, do Governo do Estado. Os estudantes das quatro universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc) podem solicitar bolsas de auxílio permanência de R$ 300 e R$ 600 mensais. Eles também têm prioridade em vagas de estágio na área dos cursos que escolheram. O auxílio permanência pode ser solicitado desde o primeiro semestre. O valor, de R$ 300, é destinado a universitários que estudam a até 100 km da sua cidade de origem. Os R$ 600 são para aqueles que moram em cidades a mais de 100 km de distância do campus onde estão matriculados. Para participar os estudantes devem acessar o site maisfuturo.educacao.ba.gov.br/permanencia e preencher o formulário. Estando dentro do perfil do programa, o estudante poderá receber o auxílio desde o primeiro semestre até completar dois terços do curso. No terço final da graduação, os beneficiários terão a opção e prioridade para ingressar em vagas de estágio de nível superior ofertadas por órgãos e secretarias do Governo do Estado. Os estudantes que já estão na fase final do curso e atendem os critérios também podem ingressar no programa, já na fase do estágio.

Febre amarela: Saúde autoriza repasse de R$ 1,9 milhão para Bahia

Sexta | 31.03.2017 | 09h10


(Foto: Reprodução)

O Ministério da Saúde autorizou, em portaria publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (30), repasse de R$ 19,2 milhões para intensificação de ações de imunização contra febre amarela em todo o Brasil. Para a Bahia, foi liberado aproximadamente R$ 1,9 milhão, distribuído entre 16 municípios e estado. As cidades beneficiadas são Alagoinhas, Alcobaça, Belmonte, Caravelas, Eunápolis, Feira de Santana, Itabela, Itamaraju, Itapebi, Nova Viçosa, Porto Seguro, Prado, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas, Vereda, Vitória da Conquista. Os valores variam de R$ 587 mil, para Feira de Santana, a R$ 6,9 mil, para Vereda. De acordo com o texto, os recursos serão transferidos para os Fundos de Saúde dos Estados e Municípios, em parcela única. Também foram beneficiados os estados do Espírito Santo (R$ 2,5 milhões), Minas Gerais (R$ 10,7 milhões), Rio de Janeiro (R$ 2,4 milhões) e São Paulo (R$ 1,7 milhão).

Alagoinhas: Chuva deixa 80 desabrigados

Sexta | 31.03.2017 | 08h11


Foto: Reprodução / G1

As chuvas que caíram em Alagoinhas, no agreste baiano, deixaram cerca de 80 desabrigados. As precipitações ocorreram na madrugada desta quinta-feira (30). Começou por volta das 4h30 e durou em torno de 1h30, suficiente para alagar ruas e casas. De acordo com o secretário de Ação Social da cidade, Alfredo Menezes, 20 famílias foram afetadas. Um ginásio de esportes municipal foi destinado para abrigá-las (ver aqui). Ao G1, o secretário informou que os prejudicados perderam móveis, e algumas casas estão com a estrutura comprometida, com risco de desabamento. Em Alagoinhas, os bairros mais atingidos foram Silva Jardim, Cavada, Cachorro Magro, AABB e Alagoinhas IV. A prefeitura informou ainda que choveram 50 milímetros de chuva em um dia. O percentual é considerado alto, já que o esperado para o mês inteiro de março é 150 milímetros.

Baiano, Isaquias Queiroz conquista o Prêmio Brasil Olímpico 2016

Sexta | 31.03.2017 | 07h06


Canoísta baiano foi o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas em uma mesma edição dos Jogos Olímpicos

Isaquias Queiroz e Rafaela Silva foram os grandes vencedores nesta quarta-feira, 29, do Prêmio Brasil Olímpico, que elege os melhores atletas do País em modalidades olímpicas de 2016, realizado na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Primeiro brasileiro a conquistar três medalhas em uma mesma edição dos Jogos Olímpicos, Isaquias concorria com Serginho, do vôlei, e Thiago Braz, do atletismo, ambos medalhistas de ouro no Rio-2016. Emocionado durante o recebimento do prêmio, o atleta fez uma série de agradecimentos, em especial ao seu técnico espanhol Jesus Morlán, que luta contra uma grave doença e não pôde comparecer à cerimônia. "Estou muito feliz por esse título. Estava disputando com grandes atletas, como o Serginho, que me inspiro muito, e o Thiago, que fez história no atletismo", disse o atleta. "Queria dedicar ao meu treinador, Jesus Morlán. Vocês sabem o que ele está passando, mas é forte e vai passar por mais essa." Já no fim dos agradecimentos, Isaquias quebrou o protocolo, desceu à plateia e fez algo, no mínimo, inusitado: pediu sua noiva, grávida de quatro meses, em casamento. Após receber o sim, colocar o anel e voltar ao palco, ele comentou sobre os seus planos futuros (confira vídeo abaixo). "Tenho a prata, o bronze e agora falta o ouro para encerrar a carreira", completou o canoísta, prata no C1-1000m, bronze no C1-200m e prata no C2-1000m, esta última prova ao lado de Erlon Souza, no Rio-2016.

Conquista: Cavalos vão usar ‘fraldão’ para evitar fezes em vias públicas

Quinta | 30.03.2017 | 20h07


Foto: Blog do Anderson

Uma decisão da prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste, vai exigir que os cavalos que circulam em carroças nas ruas da cidade usem “fraldões”. A medida polêmica seria para evitar que as fezes sejam despejadas nas vias públicas. Segundo o Blog do Anderson, a decisão foi anunciada nesta quarta-feira (29) pelo coordenador de Limpeza Pública, Joaquim Ernesto Vieira Santos. “Tem que usar. É um bolsão. Os animais ficam no meio da rua e aquilo quando vai secando, vai se tornado em pó e causa doença, suja, além do odor que é muito forte. É muito problema”, disse Santos. O custo do bolsão será pago pelo próprio carroceiro. Com a adoção da medida, as carroças serão emplacadas, e os condutores terão de passar por curso para receber a sua carteira de habilitação. Uma reunião está marcada nesta sexta-feira (31) para mais orientações à categoria.