Bahia Urgente

Bahia Urgente


Resultado da busca pela categoria "economia"

Governo cancela quase 85 mil auxílios-doença e economiza R$ 1,6 bilhão

Sexta | 14.04.2017 | 07h14


(Foto: Reprodução)

O governo federal cancelou quase 85 mil auxílios-doença que vinham sendo pagos indevidamente, o que trouxe uma economia de R$ 1,6 bilhão aos cofres da União. O pente-fino nesses benefícios começou em julho do ano passado, após o governo identificar 1,7 milhão de pessoas que estavam recebendo o benefício por determinação judicial sem que tivessem passado por avaliação médica nos últimos dois anos. Até agora, foram realizadas 87.517 perícias, o que resultou no cancelamento de 73.352 benefícios, 84% do total. O índice é bastante superior ao anunciado inicialmente pelo governo, que disse trabalhar com uma expectativa de reversão de 30% dos benefícios. 

Receita recebeu 10 mi de declarações até esta segunda; na Bahia foram 407 mil

Quarta | 12.04.2017 | 09h11


(Foto: Reprodução)

A Receita Federal recebeu 10 milhões de declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física até as 17h desta segunda-feira (10). O órgão federal espera que 28,3 milhões de contribuintes detalhem seus ganhos referentes ao ano passado. Na Bahia, foram recebidas 407.781 declarações nesse período, mas existe a expectativa de que sejam entregues 1.150.000 declarações em todo o estado até o final do prazo. Os contribuintes têm até 28 de abril para entregar a DIRPF 2017.

Caixa abre mais cedo até quarta-feira (12) para saque de contas inativas do FGTS

Segunda | 10.04.2017 | 11h10


(Foto: Reprodução)

De hoje (10) a quarta-feira (12), todas as agências da Caixa abrirão duas horas mais cedo para o atendimento de trabalhadores que precisam sacar ou tirar dúvidas sobre as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). As unidades que normalmente começam a funcionar para o público às 11h vão operar a partir das 9h. As que abrem às 10h, atenderão a partir das 8h. As que normalmente começam as atividades às 9h, vão funcionar a partir das 8h, com fechamento uma hora mais tarde. A orientação do banco é de que o trabalhador, ao procurar a agência, leve a Carteira de Trabalho e o termo de rescisão do contrato. 

Preço médio da gasolina cai e atinge o menor valor em mais de 6 meses, diz ANP

Domingo | 09.04.2017 | 08h09


(Foto: Reprodução)

O preço médio da gasolina terminou a semana em queda nos postos pelo país e atingiu o menor valor em mais de seis meses, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (7) pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).Segundo o levantamento semanal, o preço médio por litro no país foi de R$ 3,670 na semana passada para R$ 3,647 - uma queda de 0,62%. É o menor patamar desde a última semana de setembro (R$ 3,638) e também desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços, em outubro. preço do diesel também recuou na semana, passando de R$ 3,028 por litro em média para R$ 3,018 - redução de 0,33%. Já a queda do preço médio do etanol foi de 1,15%, de R$ 2,691 por litro para R$ 2,66.

7,7 milhões à espera do FGTS

Sábado | 08.04.2017 | 17h05


(Foto: Reprodução)

O dinheiro parece que caiu do céu e em tempos de crise e desemprego, qualquer valor extra é bem vindo para mais de sete milhões de brasileiros, que a partir das nove horas deverão começar a sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), das contas inativas na Caixa Econômica Federal. Serão mais de R$ 11 bilhões que serão sacados na boca do caixa ou depositados diretamente para os que têm contas correntes na Caixa. O pagamento que começa hoje é para os trabalhadores que têm  contas inativas do FGTS  nascidos nos meses de março, abril e maio. Em todo o país são mais de 7,7 milhões de trabalhadores que têm direito ao saque a partir deste mês. 

FGTS inativo: Caixa libera a partir deste sábado os saques do 2º lote

Sábado | 08.04.2017 | 10h09


(Foto: Reprodução)

Começa neste sábado (8) a segunda rodada de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O início estava previsto apenas para segunda-feira (10), mas foi antecipado. Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, cerca de 2,3 milhões de trabalhadores vão receber os depóstios dos recursos a que têm direito diretamente em suas contas neste sábado. Esses depósitos marcam o início da segunda fase de saques das contas inativas do FGTS. Nesta fase, podem retirar os recursos os nascidos em março, abril e maio. Ao todo, 7,7 milhões de trabalhadores poderão fazer saques nesta segunda fase. Eles têm direito a um total de R$ 11,2 bilhões. A primeira fase aconteceu ao longo do mês de março, quando puderam sacar recursos de contas inativas os nascidos em janeiro e fevereiro. O programa está previsto para se encerar em julho e, até lá, cerca de R$ 35 bilhões devem ser sacados dessas contas inativas.

Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para próximo ano

Sexta | 07.04.2017 | 18h10


(Foto: Reprodução)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, anunciou nesta sexta-feira (7) que o governo deve propor um salário mínimo R$ 979 para 2018. Hoje, o mínimo está em R$ 937. O novo valor do mínimo será incluído na proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2018, base para o orçamento do ano que vem. De acordo com a lei, o PLDO tem que ser enviado ao Congresso Nacional até 15 de abril. Para chegar ao percentual de correção do salário mínimo, que serve de referência para mais de 45 milhões de pessoas no Brasil, soma-se a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano ano anterior, calculado pelo IBGE, e o resultado do PIB de dois anos antes. Com base nesse cálculo, o salário mínimo seria corrigido dos atuais R$ 937 para R$ 979, considerando a variação estimada para o INPC, deste ano, de 4,48%. Essa é a mediana do resultado esperado por mais de 100 instituições financeiras, consultadas pelo Banco Banco Central na semana passada.

Caixa antecipa para sábado nova rodada de saques das contas inativas do FGTS

Quinta | 06.04.2017 | 08h13


(Foto: Reprodução)

A Caixa Econômica Federal decidiu antecipar de segunda (10) para sábado (8) a nova rodada de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Ao todo, 7,7 milhões de trabalhadores nascidos em março, abril e maio poderão sacar os recursos, equivalentes a R$ 11,2 bilhões. De acordo com o G1, cerca de 2,3 milhões de beneficiários correntistas da Caixa receberão os recursos por meio de depósitos em suas contas. Por causa do adiantamento da data, 2,1 mil agências e 200 salas de atendimento, dentro das agências, estarão em funcionamento neste sábado para atender aos trabalhadores. A primeira etapa do programa de saques começou em março e registrou a retirada de R$ 5,6 bilhões por 3,7 milhões de titulares de contas inativas do FGTS. Os clientes também poderão agendar DOCs para contas de outros bancos, que serão efetivados na segunda-feira (10) e disponibilidade de recursos na terça (11). Os TEDs, transferências que permitem os recursos caírem no mesmo dia em conta de outros bancos, não estarão disponíveis no sábado porque só funcionam em dias úteis. Já na segunda (10), terça (11) e quarta-feira (12), as agências da Caixa vão abrir às 8h da manhã, duas horas mais cedo.

Com bandeira vermelha, contas de energia ficam mais caras em abril

Sábado | 01.04.2017 | 19h08


(Foto: Reprodução)

No mês de abril, os consumidores de energia elétrica vão pagar R$ 3 a mais para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. É que no próximo mês vai vigorar a bandeira tarifária vermelha patamar 1, que é usada quando é preciso acionar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas. É a primeira vez neste ano que a bandeira vermelha é ativada. Em março, a bandeira tarifária em vigor foi a amarela, com adicional de R$ 2 para cada 100 kWh e, anteriormente, a bandeira era a verde, sem custo extra para o consumidor. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidad

Governo autoriza reajuste e remédios ficam até 4,76% mais caros

Sexta | 31.03.2017 | 12h09


(Foto: Reprodução)

Os preços dos remédios poderão subir até 4,76% a partir desta sexta-feira (31). Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, fixou em 4,76% o reajuste máximo permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União". A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro. Em 2016, o reajuste máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%. Em 2014, o reajuste foi de 5,68%. De acordo com a portaria, o reajuste leva em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 10 de março de 2017, acumulando uma taxa de 4,76%, no período compreendido entre março de 2016 e fevereiro de 2017. Foram autorizados 3 níveis diferentes de alta, conforme o perfil de concorrência dos produtos, seguindo a lógica de que, nas categorias com um maior número de genéricos, a concorrência é maior e, portanto, o aumento também pode ser maior.

Nível 1: Classes terapêuticas sem evidências de concentração - 4,76%

Nível 2: Classes terapêuticas moderadamente concentradas - 3,06%

Nível 3: Classes terapêuticas fortemente concentradas - 1,36%

Conta de luz cairá até 20% em abril por cobrança indevida

Quarta | 29.03.2017 | 08h12


(Foto: Reprodução)

A conta de luz do consumidor em todo o país vai cair até 20% em abril, por conta da devolução de uma cobrança indevida de energia atrelada à usina nuclear de Angra 3. A decisão anunciada nesta terça-feira (28) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) atinge todas as distribuidoras de energia, com exceção de apenas três empresas, a Sulgipe, a Companhia Energética de Roraima e a Boa Vista Energia. A queda ocorrerá apenas no mês de abril. Com a decisão, a conta de luz do consumidor residencial da Eletropaulo, de São Paulo, cairá 12,44%. No caso da Light, do Rio de Janeiro, a queda será de 5,3%. A Cemig, de Minas Gerais, vai cortar em 10,61% a sua tarifa de abril. A CEB, de Brasília, terá redução de 5,92%. A queda varia entre cada uma das distribuidoras por conta dos diferentes prazos de cobrança da energia de Angra 3. No caso da Eletropaulo, por exemplo, o valor foi cobrado indevidamente por nove meses. A usina termonuclear está em construção no Rio de Janeiro e só deve ficar pronta a partir de 2019, mas acabou entrando irregularmente nas cobranças de conta de luz. Os valores que serão devolvidos chegam a cerca de R$ 1 bilhão e foram devidamente corrigidos pela taxa Selic dos períodos cobrados.

Após 25 dias, contribuintes entregam 256 mil declarações do IR na Bahia

Terça | 28.03.2017 | 13h10


Declaração imposto de renda deve ser feita até 28 de abril (Foto: Reprodução/TV Integração)

A Secretaria da Receita Federal informou que 256.414 mil declarações de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) foram entregues pelos contribuintes baianos até as 17h desta segunda-feira (27), 25 dias após o início do recebimento. As declarações devem ser enviadas até o dia 28 de abril. Conforme a Receita, a expectativa é de que sejam entregues cerca de 1.150.000 declarações no estado, até o final do prazo. Em todo o Brasil, até esta segunda-feira, foram recebidas 5.153.440 milhões de declarações. Até o final do prazo, a Receita tem a estimativa de receber 28,3 milhões de documentos em todo os estados.

Distribuição do lucro do FGTS em 2016 será paga ao trabalhador até agosto

Domingo | 26.03.2017 | 10h10


(Foto: Reprodução)

O Pagamento de metade do lucro obtido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2016 ao trabalhador será feito até o dia 31 de agosto deste ano. O dinheiro será creditado sobre o saldo de todas as contas ativas e inativas em 31 de dezembro de 2016, e somado à atual remuneração do fundo, segundo o Ministério do Trabalho. A distribuição dos lucros do FGTS com os trabalhadores foi uma das mudanças criadas pela medida provisória 763, de 22 de dezembro do ano passado. Trata-se do mesmo texto que permitiu que os trabalhadores saquem suas contas inativas do FGTS entre os dias 10 de março e 31 de julho. Pela regra atual, o FGTS remunera o trabalhador com juros de 3% ao ano mais a taxa referencial (TR). O rendimento tem ficado, historicamente, bem abaixo da inflação. Nos últimos 17 anos, o FGTS acumula perda de quase 40% frente ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), mostrou o G1 em janeiro. “Todo esse lucro ficava em um fundo para o próprio governo. Agora o governo vai dividir com o trabalhador o ganho dos investimentos usados com o recurso para tentar melhorar a remuneração que sempre perdeu de todas as aplicações”, explica o consultor financeiro do Mercantil do Brasil, Carlos Eduardo Costa. O governo espera que, ao dividir 50% do resultado do FGTS com o trabalhador, a remuneração do fundo fique próxima à da poupança. No ano passado, a caderneta rendeu 8,30%, contra 5,01% do fundo. Já a inflação oficial avançou 6,39% no período.

Governo diz que faltam R$ 58 bilhões para atingir meta fiscal e deve aumentar impostos

Quinta | 23.03.2017 | 08h27


(Foto: Reprodução)

O ministério do Planejamento anunciou nesta quarta-feira (22) que faltam R$ 58,2 bilhões no Orçamento de 2017 para que o governo consiga atingir a meta fiscal, que prevê  déficit de R$ 139 bilhões. Para alcançar a marca, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avaliou que o aumento de impostos "é uma grande possibilidade". O Planalto também deve anunciar um contingenciamento de gastos ou venda de ativos. O ministro ressaltou que ainda deve aguardar confirmação de estimativas de receitas extras para definir o valor do corte e se haverá necessidade de aumentar impostos. Mais cedo nesta quarta, o governo também reduziu sua expectativa de crescimento do PIB no país de 1% para 0,5%.

Donos de veículos com placa final 2 têm 5% de desconto no IPVA até terça

Quarta | 22.03.2017 | 18h12


(Foto: Reprodução)

Os proprietários de veículos com placa de final 2 têm até a terça-feira (28) para pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com 5% de desconto, em cota única. Esses contribuintes têm ainda a opção de efetuar o pagamento em três parcelas mensais, sendo a primeira com vencimento também no dia 28 de março, ficando as demais agendadas para 28 de abril e 29 de maio. Outra possibilidade é pagar o valor total do tributo, sem desconto, até 29 de maio.De acordo com a Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz), os contribuintes com veículos de placa final 1 que optaram pelo parcelamento devem estar atentos ao pagamento da segunda cota, que vence no dia 27 de março. As datas de vencimento podem ser consultadas no calendário do IPVA 2017, disponível no site da Sefaz.Para fazer o pagamento, o contribuinte pode ir a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, com o número do Renavam do veículo. A Sefaz ressalta que não há emissão e encaminhamento de boleto bancário de pagamento do IPVA para os contribuintes. Em caso de dúvida, o cidadão pode entrar em contato com o órgão por meio do call center da Sefaz, pelo 0800 071 0071.O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter direito ao parcelamento. O pagamento é integrado: é necessário quitar ainda a taxa de licenciamento e eventuais multas relacionadas ao Renavan informado.Os débitos referentes a estes itens também podem ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. É possível ainda fazer parcelamento em até três parcelas dos débitos anteriores do imposto, para pagamento junto com o IPVA 2017.