Bahia Urgente

Bahia Urgente


Resultado da busca pela categoria "meioambiente"

Frio intenso mata 20 pessoas na Europa e causa transtornos

Segunda | 09.01.2017 | 15h34


(Foto: Reprodução)

Na Europa, o frio já matou 20 pessoas e causa muito transtorno em quase todo o continente. A maioria das mortes aconteceu na Itália e na Polônia. Quase todas as vítimas são moradores de rua. A temperatura está abaixo de zero em vários países. No fim de semana, muitas cidades polonesas registraram – 20 °C. Na Rússia, fez ainda mais frio: - 30 °C. Os rios congelaram na Bósnia. A Turquia suspendeu a navegação no Estreito de Bósforo, uma importante rota comercial da Europa. Em Roma, as fontes viraram gelo. Até as ilhas gregas, onde o inverno costuma ser mais ameno, sofrem com o frio intenso. As praias ficaram vazias e cobertas de neve. No Reino Unido, a previsão é de nevasca no decorrer da semana.

Iceberg gigante ameaça se desprender da Antártida e gera preocupação

Domingo | 08.01.2017 | 13h13
Autor: G1


(Foto: Reprodução)

Um gigantesco iceberg - que seria um dos dez maiores do mundo - pode se desprender a qualquer momento da Antártida, dizem cientistas. Uma imensa rachadura na plataforma de gelo Larsen C cresceu de tal forma em dezembro que agora apenas 20 km de gelo impedem o imenso bloco de 5 mil km² (o equivalente a 500 mil campos de futebol ou à área do Distrito Federal) de se soltar. A Larsen C é a maior plataforma de gelo no norte da Antártida. As plataformas de gelo são as porções da Antártida onde a camada de gelo está sobre o oceano e não sobre a terra. Cientistas do País de Gales afirmam que o desprendimento do iceberg pode deixar toda a plataforma Larsen C vulnerável a uma ruptura futura. A plataforma tem espessura de 350 m e está localizada na ponta do oeste da Antártida, impedindo a dissipação do gelo. Os pesquisadores vêm acompanhando a rachadura na Larsen C por muitos anos. Recentemente, porém, eles passaram a observá-la mais atentamente por causa de colapsos das plataformas de gelo Larsen A, em 1995, e Larsen B, em 2002. No ano passado, cientistas britânicos afirmaram que a rachadura na Larsen C estava aumentando rapidamente. Mas, em dezembro, o ritmo avançou a patamares nunca antes vistos, avançando 18 km em duas semanas. Dessa forma, segundo os pesquisadores, o que se tornará um gigantesco iceberg está por um triz de se soltar - apenas 20 km o prendem à plataforma.

Incêndio de grandes proporções atinge pico de voo livre na Bahia

Sexta | 06.01.2017 | 20h40
Autor: Correio 24h


(Foto: Divulgação)

Um incêndio de grandes proporções atingiu a região Pico do Boqueirão, no município de Santa Teresinha, no Centro Norte da Bahia. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as chamas foram detectadas por volta das 15h de quinta-feira (5). A região é conhecida por receber pessoas que praticam o voo livre. De acordo com o tenente coronel Matias, responsável pelo Grupamento de Bombeiros Militar de Santo Antônio de Jesus, oito brigadistas e cerca de 10 voluntários estão ajudando no combate às chamas. Ele disse ainda os homens atuaram no combate até às 19h de ontem e hoje voltaram ao local. No momento, o fogo está controlado, porém, os agentes seguem na região para debelar completamente as chamas. Ainda segundo o coronel, a prefeitura de Santa Teresinha está dando apoio logístico aos bombeiros. Até o momento, não há informações sobre o que provocou o incêndio.  

Cetas da Bahia devolve à natureza 51 papagaios apreendidos com traficantes

Quarta | 05.10.2016 | 20h03


(Foto: Divulgação/PRF)

O Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), órgão ligado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), realizou a soltura de 51 aves conhecidas popularmente como "papagaio-verdadeiro" (Amazona aestiva). A ação ocorreu no último sábado (1º), em uma Área de Soltura de Animais Silvestres, no Norte da Bahia. A operação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A espécie está na lista das mais traficadas no Brasil e chegaram ao Cetas apreendidos nas mãos de traficantes. Os pássaros foram soltos após passarem por avaliação de especialistas através de um programa de reintrodução destes animais na natureza, que, segundo a PRF, para esta espécie dura de seis a doze meses. Ainda de acordo com a PRF, foram adotadas todas as medidas necessárias para restabelecer as condições comportamentais das aves para que elas pudessem ser reintegradas em seu habitat natural.O Cetas está realizando palestras de educação ambiental no entorno da área de soltura, principalmente em escolas públicas, com objetivo de conscientizar a população sobre a importância da preservação do meio ambiente.

2016 pode se transformar no ano mais quente da história, diz agência

Sábado | 17.09.2016 | 08h02


(Foto: Reprodução)

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) advertiu nesta sexta-feira (16) que 2016 está no caminho de se transformar no ano mais quente já registrado na história, com temperaturas extremamente altas. "Fomos testemunhas de um prolongado período de extraordinário calor e tudo indica que isto se transformará na nova norma", sustentou o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, ao apontar que foram observados níveis excepcionalmente altos de concentração de dióxido de carbono e que recordes de temperatura foram quebrados. Esta situação e o aquecimento dos oceanos acelerou o braqueamento dos recifes de corais, lembrou. 

Confira dicas de defensora do consumo consciente para gerar menos lixo

Domingo | 03.04.2016 | 17h01


(Foto: Reprodução)

Não adianta só separar papel, plástico e metal. "Reduzir a quantidade de lixo é tão importante quanto reciclar", diz Gabriela Yamaguchi, porta­voz do Instituto Akatu, ONG que defende o consumo consciente. A seguir, ela ensina como gerar menos lixo. 

Menos embalagens

Evite alimentos que venham em bandejas de isopor e que possuem excesso de embalagem. Comprar a granel é uma solução. Mesmo se usar o saquinho do supermercado, o volume de resíduo gerado será menor.

Planeje compras

Antes de comprar alimentos ou qualquer objeto, veja se já não possui um em casa e compre apenas a quantidade que vai consumir. Isso evita o descarte desnecessário de produtos.

Ministra diz que recuperação da Bacia do Rio Doce levará pelo menos dez anos

Quarta | 18.11.2015 | 17h02


(Foto: Reprodução)

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse nesta terça-feira (17) que o projeto de recuperação da Bacia do Rio Doce será de longo prazo. “Quando falo de longo prazo, é um projeto de pelo menos uma década”, explicou. A ministra participou da reunião com a presidenta Dilma Rousseff e integrantes do comitê de gestão e avaliação de respostas ao desastre causado pelo rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Samarco, na região de Mariana, em Minas Gerais. Teixeira falou também sobre o plano de recuperação da Bacia do Rio Doce anunciado, após a reunião, pela presidenta Dilma Rousseff. Segundo a Agência Brasil, a ministra acredita que haverá muito trabalho pela frente a ser feito. O objetivo agora é chamar todas as partes envolvidas para convergir em uma proposta única. “O desastre é enorme, é uma catástrofe, o pior desastre ambiental do país, e temos que tomar medidas inovadoras para resolver. A gente sabe que a parte de peixes, a fauna intocada, répteis, isso foi perdido. Os especialistas terão que dizer quanto tempo leva [a revitalização]. Além da recuperação de nascentes e uma série de situações estruturantes para a restauração da qualidade ambiental na bacia”, detalhou Izabella.

ONU considera propostas de redução de emissão de gases poluentes "insuficientes"

Sexta | 30.10.2015 | 20h01


(Foto: Reprodução)

A ONU considerou nesta sexta-feira (30) que as reduções de emissão de gases poluentes que os países se comprometeram voluntariamente a cumprir são "insuficientes" para evitar a alta da temperatura global a valores inferiores a dois graus Celsius. O aviso veio da secretária-geral da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (UNFCCC, da sigla em inglês), Christiana Figueres, ao apresentar, em Berlim, o resumo dos planos nacionais, de 146 países, para combater o aquecimento global.Citada pela agência EFE, Christiana explicou que, se a comunidade internacional não agir em conjunto e determinadamente, as temperaturas médias globais poderão subir entre quatro a cinco graus Celsius até 2100, tendo por base as estimativas feitas recentemente pela Agência Internacional da Energia (AIE).

Temperatura na Terra deve subir 2º e intensificar extremos de chuva e seca

Sábado | 26.09.2015 | 09h14


(Foto: Correio 24h)

Salvador teve, entre os meses de abril e junho deste ano, as chuvas mais fortes dos últimos 20 anos, segundo órgãos responsáveis. Do outro lado, já em 2012, a Bahia passou pela maior seca dos últimos 60 anos - e sobreviveu aos tropeços à estiagem que persiste. Pois, o futuro não é muito animador. Diante de um cenário de altas emissões de gases que provocam o efeito estufa, as mudanças climáticas previstas por especialistas devem incluir que esses extremos  - muita  chuva e muita seca - sejam mais comuns. “A gente sabe que os eventos extremos serão mais frequentes e duradouros, com maior intensidade. E esses eventos vão estar relacionados à água. Porque a água é aquela coisa que o ideal é nem tanto nem tão pouco”, diz o coordenador do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais, Marcos Freitas, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Até 2100, a temperatura do mundo vai aumentar - quanto a isso, não dá mais para voltar atrás. Agora, a questão é como fazer com que ela não aumente demais. A meta da comunidade internacional é manter esse crescimento de temperatura em até 2°C. Mas, se o mundo continuar produzindo em excesso gases do efeito estufa, o número pode dobrar - há quem acredite que chegaria até a 7°C. 

 

Trator não consegue remover Jubarte morta em praia de Prado. Corpo terá de ser 'fatiado'

Quinta | 03.09.2015 | 08h07


Animal de 15 metros e 30 toneladas encalhou e morreu na costa do município, no extremo sul do estado. Ainda não há informações sobre as causas da morte da baleia (Rede Bahia)

A baleia jubarte de cerca de 15 metros encontrada morta em um distrito do município de Prado, no extremo sul da Bahia, ainda não foi retirada da areia da praia, cinco dias após o encalhe. A carcaça do animal adulto, que pesa cerca de 30 toneladas, terá que ser dividida em pedaços para ser deslocada e enterrada. Ainda nao há informações sobre as causas da morte do animal. Segundo o Instituto Baleia Jubarte, foi a maior baleia encontrada morta no litoral baiano em 2015. O veterinário e diretor de pesquisas do Projeto Baleia Jubarte, Milton Marcondes, disse que um trator foi cedido pela prefeitura da cidade para fazer a retirada da carcaça da praia no domingo (30), mas o serviço não foi realizado porque a máquina não suportou o peso da baleia, que deverá ser enterrada na própria praia, acima da linha da maré.

Crime Ambiental: Fazenda localizada no Distrito de Iguatemi está sendo palco de extração ilegal de madeira

Terça | 01.09.2015 | 15h58
Autor: Brumado Urgente


As fotos comprovam a extração ilegal de madeira na referia fazenda (Foto: Brumado Urgente)

A preservação do meio ambiente, que, após a Eco92, deu uma nova dimensão ao conceito de desenvolvimento sustentável, onde se iniciou uma agenda positiva para o setor com a efetivação de ações muito mais robustas e eficazes. Passadas duas décadas e meia deste marco internacional que envolveu a cúpula dos países mais poderosos da terra, apesar dos avanços, ainda são encontradas inúmeras irregularidades neste sentido. No Brasil a falta de uma fiscalização rígida e da aplicação mais contundente das leis ainda favorece os criminosos ambientais, que teimam em destruir e explorar de forma inconsequente os recursos naturais. Dentro deste contexto, o Brumado Urgente tomou conhecimento de uma denúncia de um crime ambiental que estaria sendo promovido na Fazenda Saloba, localizada no Distrito de Iguatemi, que pertence ao município de Livramento de Nossa Senhora, que é um dos portais de entrada para a Chapada Diamantina. Segundo os registros fotográficos que foram passados ao Brumado Urgente, está sendo promovida, de forma voraz, a extração ilegal de madeira, onde estão sendo derrubadas árvores centenárias da espécie Aroeira, o que é absolutamente proibido pela Lei nº 4.771, artigo 19, que assegura que “Fica proibido o corte e exploração da Aroeira legítima ou Aroeira do Sertão (Astronium urundeuva)”. Diante disso, os denunciantes comprovaram a ilegalidade da ação extrativa ao irem ao Inema, órgão estadual responsável pelo Meio Ambiente, que confirmou, por meio de documentação, que não havia nenhum pedido de extração para a referida fazenda. Em seguida também foi apresentada na 20ª Coorpin de Brumado a referida denúncia, a qual não teria conseguido a atenção das autoridades policiais, já que não se tem conhecimento, até o momento, de nenhuma intimação aos mandantes do crime, mesmo diante de provas de um dano irreparável ao meio ambiente, já que as árvores são centenárias. Espera-se que, a partir de várias matérias que serão veiculadas na mídia regional e estadual, o caso ganhe repercussão e a extração ilegal seja desativada. 



Árvores derrubadas e já com a madeira cortada foram encontradas no local (Foto: Brumado Urgente)

Papagaios serão soltos pelo Cetas nesta quinta-feira, 21

Quarta | 20.05.2015 | 14h07
Autor: Mirian Neto I ConquistaUrgente


(Foto: Reprodução)

A soltura de 32 papagaios da espécie Amazona aestiva, popularmente chamada de papagaio-verdadeiro, será realizada na manhã desta quinta-feira, 21, por profissionais do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em uma fazenda, localizada no município de Condeúba. As aves são fruto de apreensões e de algumas entregas voluntárias, as aves passaram por exames clínicos e comportamentais durante todo o período de cuidado no Cetas. Também receberam alimentação adequada para a soltura em regiões que a espécie seja recorrente. O Cetas trabalha em parceria com o Ibama, e desenvolve atividades técnico-científicas de recepção, identificação, tratamento, manutenção e destinação de animais silvestres apreendidos por diversos órgãos de fiscalização. 

Brumado realiza o I Torneio de Pesca Esportiva e Combate à Pesca Predatória

Quarta | 22.04.2015 | 11h52
Autor: Wilma Santana / Brumado Urgente


Foto Brumado Urgente

O I Torneio de Pesca Esportiva e Combate à Pesca Predatória foi realizado na Barragem do Rio do Antônio, trecho que margeia o anel rodoviário da BR – 030. O torneio consiste na pesca esportiva, em que os peixes pescados são mantidos vivos e após a pesca são lançados de volta ao rio. A competição contou com a presença de 70 pescadores da cidade e de munícipios vizinhos. Com o objetivo de incentivar os competidores, o torneio premiou o menor e maior peixe, bem como a quantidade e pesagem de grupo. As categorias de barco, barranco e mirim foram premiadas. Sendo que a modalidade mirim objetivava o incentivo às crianças.

O evento além de promover lazer e entretenimento, funcionou como um protesto contra a pesca predatória e o despejo de lixo que podem destruir o local. Desta forma, o evento visava ainda, chamar a atenção das autoridades para possíveis formas de utilizar o rio sem prejudicá-lo.

Ao final do evento, a coordenação já lançou projeto para os próximos torneios. Logo após  foi oferecida uma feijoada e as equipes foram premiadas.